Tenho dor sim, mas sem glúten por favor

dor e glutenDe menor abandonado ao vilão do planeta terra, a proteína glúten é o inimigo número 1 da alimentação dita saudável. Comer alimentos sem glúten já é rotina de várias pessoas em todo o mundo, especialmente artistas famosos.

Virou uma moda ridícula, na maioria das vezes, perguntar se os alimentos tem glúten (isso não se aplica às pessoas que tem doenças relacionadas ou intolerância). Fotos de pessoas magras (se achando lindas) viralizam naInternet e contribuem pela caça ao glúten. Não existem evidencias de que uma dieta sem glúten emagrece, não custa lembra!

Os nutricionistas funcionais falam que ao longo do tempo o glúten ficou mais forte, mais geneticamente modificado e esse seria um dos motivos para tantos “problemas”, podendo a dor ser um deles.

Como qualquer invasor como bactérias e vírus, o glúten pode deixar o sistema nervoso e imunológico mais nervosos ainda, ficando sensíveis e provocando uma série de reações como dores, mal estar e corridas repentinas ao banheiro.

Se o glúten é entendido como ameaça pelo sistema nervoso e imunológico (por ex. doença celíaca e na intolerância), a dor pode ser uma das respostas para nos proteger.

Então, se alimentos que contém glúten estão fazendo a festa imunológica, esta na hora de abaixar o som e botar a galera pra correr. Pessoas com dores de cabeça e dores abdominais podem se dar muito bem com uma orientação nutricional sem glúten.

Os demais, que não tem problemas relacionados ao glúten, não tem porque não comer. Vai deixar de comer aquele macarrão da mamãe? Vai deixar de comer o pão caseiro da vovó?

O casal “dor e glúten” ainda estão longe de se aproximarem. Mas, os paparazos imunológicos estão a solta. A próxima “magra ridícula” que aparecer no Instagram com os gominhos do abdômen de fora vai querer que os 2 vivam felizes para sempre.

Artur Padão – Dorterapeuta (já deixei de comer glúten e o resultado foi bizarro)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.