Existe uma medida certa para sentir dor?

medida certa e dorDa mesma forma que os exercícios físicos, a nossa barriga e nossa paciência, existe sim uma medida certa para sentirmos dor. Mas, essa medida não é uma medida. Não é um valor numérico, mas sim um valor pessoal subjetivo que atribuímos a persistência da dor. Ou seja, a gente escolhe!

Por exemplo, uma injeção é na maioria das vezes um pouco dolorida. Cortar o rosto ao fazer a barba também pode ser dolorido, assim como a depilação. São dores esperadas, são dores na medida certa. Quando alongamos os músculos da perna, vem uma sensação dolorosa que é típica do alongamento. Esse é outro exemplo de dor na medida certa.

Agora, se quando isso tudo ai de cima queima, arde, dá choques, cria nervoso, gera ansiedade, causa medo, ai temos dores de medidas incertas.

Então, seguem algumas dicas para percebermos se estamos “medindo o que não é medido”

Medida Incerta

– mínimo de dor te deixa impaciente, querendo quebrar o PS3 do seu namorado

– quando começam a conversar sobre o BBBesta ao seu lado

– mínimas atividades causam uma dor intensa e limitante

Medida Certa

– conhecer o quanto de dor podemos tolerar

– conhecer os limites do corpo e da mente para evitarmos ou minimizarmos a dor

– buscar cuidado assim que a dor aparece ou piora

– buscar ajuda se dor fugir do controle

É isso ai, aqui e agora!

Escolha bem, escolha certo. A escolha pela dor é uma decisão do cliente!

Artur Padão – Dorterapeuta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *