Controle da dor via “Selfie Segmentar”: Caixa de Espelho

selfieaviaoA terapia ou caixa do espelho é uma boa forma de ganhar função e controlar a dor na mão e/ou pé.

O indiano descolado Vilayanur Ramachandran (pai da terapia do espelho e tatataravó da moderna “Selfie”) sugeriu há algum tempo que a caixa de espelho poderia acelerar a recuperação funcional da mão após um Derrame (AVC), o que também foi testado na dor fantasma (buuuuuuuuuuuuuuu).

Outros autores vem assumindo o “espelhamento” e dominam as atuais palavras sobre esta terapia, testando-a em pacientes com diversas síndromes dolorosas.
http://www.scandinavianjournalpain.com/…/S1877-886…/abstract
http://www.nejm.org/doi/full/10.1056/NEJMc071927
http://www.bodyinmind.org/is-mirror-therapy-all-it-is-crac…/

Espelho, espelho meu…Meu cérebro é mais inteligente do que eu?

A caixa de espelho é uma terapia do tipo “engana trouxa”. O espelhamento da mão ou pé sadio (não da Sadia) criam uma ilusão normalizada, como uma selfie segmentar. Isso modifica a representação visual, sensorial e motora, o que aumenta a função cerebral = aumento da função segmentar e alivio da dor (via ganho de função, por exemplo).

Espelho, espelho meu…é “pedir o x-burger sem queijo”?

Só espelho não tem se mostrado suficiente. Autores modernizados até demais como Butler, Moseley e Sayegh sugerem que devemos ir além. Treinar o cérebro com imaginação fértil (Imagética motora) e acertar os lados direito e esquerdo (Lateralidade) é tão ou mais importante do que a selfie (caixa de espelho). Educar para crescer, para fazer o cérebro funcionar, para a pessoa sair da mesmice dolorosa e para “apertar as mãos da dor (muito obrigado, mas não preciso mais de você).

Espelho, espelho meu…isso realmente funciona, meu?

!#$%&L#@&….sem mais!

Artur Padão – Dorterapeuta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *