Artrose dói?

dor e artUm dos problemas “dolorosos” mais comuns, especialmente entre os idosos é a artrose. Todo mundo tem ou terá artrose em algum momento, até mesmo crianças e adolescentes. Dizem que envelhecemos a partir do momento em que nascemos. Mas, esse é um papo cabeça que não será comigo.

A artrose ou osteoartrose é a doença articular mais comum de todas e a maior causa de incapacidade funcional no idoso. Isso é nada mais nada menos que o envelhecimento das “juntas”, da mesma forma que a “ruga da pele”.

Quando as “juntas” se desgastam (seja lá qual for o motivo), mais estímulos nociceptivos (nocivos, ameaçadores, potencialmente danosos) são levados ao nosso centro de comando para decidir o que fazer, se vai doer ou não. Digamos, “um tapinha que não dói”. Mas, lembre-se que a nocicepção é “cutucar a onça com vara curta” e pode contribuir com os frequentes nervosismos do sistema nervoso (sensibilização central).

Esse “tapinha não doloroso” leva a uma crença comum de que  o envelhecimento de uma “junta” é doloroso. Então, um simples raio-x do joelho deveria ser capaz de revelar a dor de forma substancial. Certo? Não é bem assim não.

http://europepmc.org/abstract/med/10852280

Pessoas colocam prótese de joelho e continuam com a mesma dor no joelho. Artrose? Cérebro!

Se fosse assim, todo mundo com artrose sentiria dor. A associação entre dor e artrose é tão fraca quanto dor e hérnia de disco lombar, ou seja, é pouco provável que ambas possam ser tão amigas assim. Não queremos ser parte do destino, onde 1 em cada 4 pessoas com artrose talvez tenham dor, mas não necessariamente pela artrose.

http://www.cdc.gov/arthritis/data_statistics/arthritis_related_stats.htm

Se dor e artrose não querem compartilhar seus segredos mais íntimos, o que faz doer então? Muita coisa, mas não a artrose. Quando assumimos que todas as dores vem do cérebro (isso é o que a neurociência moderna diz), então o cérebro decide se a nocicepção vai ou não doer. Portanto, a artrose é inocente em segunda instância.

Por mais que seja triste dizer e com profundo pesar no meu cérebro:

Artrose não dói.

Artur Padão – Dorterapeuta

 

Um comentário sobre “Artrose dói?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.