A dor e o dentista: um mito ou verdade?

dor e dentSó de pensar que o destino do dia é passar no dentista já vem aquela dor rodeando os pensamentos. Todo mundo tem alguma história dolorosa sobre o dentista. Não porque ir lá irá provocar dor, mas as histórias contatas ao longo dos últimos séculos deixam qualquer um nervoso! E potencialmente doloroso!

É uma verdade saber que tudo no ambiente e equipamentos do dentista podem dar um “alô” para a dor. Pontas afiadas, motorzinho e água, cheiro do ambiente, experiências passadas…São as memórias dentárias dolorosas. Há muitos e muitos anos atrás, não havia anestesia, apenas remédios caseiros, ervas e pensamentos positivos para não doer. Arrancar dentes sem anestesia? Tinha que arrancar.

É um mito dizer que você irá sentir dor na cadeira do dentista. Na era moderna, não há essa necessidade. Os remédios e injeções ajudam a bloquear os “sinais de dor” no local. Mas, o contrário é verdade. Muitos dentistas sofrem por dores no corpo, claro! Já viu sua cadeira de trabalho?

E, talvez a maior ameaça venha pelo pai e mãe. Ao castigar seu filho(a), a corriqueira ameaça é ir ao dentista. Isso vem da época da vovó, não tem jeito. E se você se comportar bem, pelo menos na minha época de criança, ganhava um doce. Oi?

Dor de dente ou na boca? Procure um dentista “parceiro” da dor, e não “sadômazô”.

Artur Padão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *