Uma dor animal

dor animalSe perguntarmos para qualquer um se os animais sentem dor, a resposta é imediata: sim! Se perguntarmos sobre emoções: sim! Amantes dos animais não pensam duas vezes em responder. Já a ciência, ainda dá passos curtos para desvendar esses mistérios.

Animais e humanos compartilham as mesmas estruturas de processamento da dor e da nocicepção, bem como as reações comportamentais. Porém, os animais dependem diretamente do nível de desenvolvimento do sistema nervoso.

Os animais invertebrados (grilo, aranha, mosquito) possuem apenas reações aos estímulos nocivos (estímulo – resposta) e não tem cérebro para interpretar essas informações. Por isso, “não sentem dor”. Em contrapartida, a lesma e a sanguessuga tem todo esse sistema inteiro. Será que sentem dor?

Já os animais vertebrados (peixes, anfíbios, répteis, aves) são capazes de processar a dor no cérebro. Possuem medula, tálamo e sistema límbico. Mas o que faz a diferença é o córtex cerebral que no ser humano é grande e nos outros animais é pequeno. O córtex é responsável pela memória, pensamentos, atenção, consciência, linguagem e percepção. Juntando isso tudo, os animais vertebrados usam o sistema opióide para controlar a dor.

Já foi encontrado em estudos com peixes e crustáceos (ex. lagosta) a presença de opioides em seu sistema nervoso quando eram colocados em situações de estresse. Em um estudo, foi injetado morfina em peixes e eles entraram no clima “fool around and find a new emotion, fool around, just driving by the ocenan”.

Estudos mostram que macacos, cães, gatos e pássaros tem reações emocionais e ficam deprimidos pela dor. Não precisava de muita ciência. Quem tem algum bicho em casa sabe muito bem como é. Para ter dor, precisamos de consciência. E, nossa querida neurociência diz que até moscas tem consciência. Será que todos tem?

Então, da próxima vez que você for matar baratas, mosquitos, cupins e formigas lembre-se que eles tem consciência (quem diz é a neurociência).

http://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK32655/
http://www.wellcome.ac.uk/en/pain/microsite/culture2.html

Afinal de contas, sentem ou não sentem dor? Se levarmos bem ao pé da letra, a dor uma “experiência física e emocional desagradável…” em humanos. Fica a sua “consciência” para pensar a respeito nos animais.

Artur Padão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.