Os Caça-Dores de mitos, parte 4: Natação alivia a dor nas costas

Um dos esportes mais praticados em todo o mundo é a natação. Mas, não se engane. Os homens das cavernas já tinham aprendido a nadar há bastante tempo e nem se preocupavam com a água no ouvido. Nós, meros mortais da tecnologia, nadamos como hobbie ou como atividade lúdica. Mas, reza uma antiga lenda que diz: natação alivia a dor nas costas.

Sabe lá quando se sugeriu nadar para aliviar a dor. Talvez seja até meio óbvio demais, pois é muito mais fácil se movimentar dentro da piscina, se exercitar. Mas, levando-se em conta o exercício em si, podemos dar crédito a natação para o alivio da dor? Hora de consultar o Dr. Google e rever essa dolorosa história. E ai?

Sim, nada! Nada mesmo! Não existe nada na história da natação que venha a sugerir o alivio da dor nas costas. Mas, como? Segundo médicos, fisioterapeutas, professores de educação física e a mídia mundial, esse é melhor esporte para a dor nas costas. Por ser óbvio demais, talvez.

Intrigados com o mistério por trás do “disse me disse, não disse me disse”, “nadei” em alta velocidade para o revelador da ciência moderna: Dr. Pubmed. Não é lá que tudo se revela? Pois bem, a foto veio em branco e desfocada.

Se natação não é tratamento para a dor nas costas, como pode aliviar a dor nas costas? Nem tudo que alivia a dor é tratamento! Entrar na água alivia a dor nas costas. O ato de nadar é apenas exercício. O exercício alivia a dor nas costas, fato esse mais que consumado.

A natação é uma recomendação geral para várias doenças e problemas de saúde como asma, bronquite, doenças cardíacas e a dor lombar. Escoliose também entra no bolo, mas não se trata escoliose com natação.

Seja de peito, craw, costas, golfinho, borboleta, cachorrinho ou boiando, a natação continua sendo o que ela sempre foi e sempre será: nadar. Não transforme a natação no que ela não é: um tratamento!

Natação alivia dor nas costas? Mito, Mito e Mito nadando contra os tubarões.

Artur Padão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *