O repouso que piora a dor

dor e frioSabe aquela dor que aparece quando o corpo esfria depois de uma atividade? Pois é. Nunca foi encontrada uma explicação “dolorosa” para tal fato….até agora. O repouso que piora a dor não é uma característica frequente. Por isso, entendo que a relação é bem próxima com o sistema nervoso, sensível, medroso, chiliquento e potencialmente dolorido.

Vamos tentar algumas explicações no quesito sistema nervoso.

– Algumas pessoas são mais sensíveis à temperatura fria e nosso sistema nervoso nos protege muito mais vigorosamente do frio. Sim! Especialmente quando esfriamos o corpo ao parar a atividade.

– Quem tem “problemas nas juntas” ficam piores com o repouso, pois aumenta a nocicepção (sistema de alarme) pela degeneração ou acúmulo de líquidos como edema e “restos” de inflamação.

– O repouso reduz a circulação e com isso diminui a temperatura, dificultando a remoção de substâncias irritativas.

– Parar uma atividade reduz a carga de adrenalina, a qual funciona como uma substância analgésica natural. Talvez isso faça diferença para algumas pessoas.

– Parar a atividade tende a nos colocar em posturas de maior encurtamento muscular, o que pode ser um prato cheio para os pontos gatilho (pequenos nódulos de contratura muscular)

– Atividades físicas podem funcionar como uma boa estratégia de distração da dor. Ao parar, a atenção pode voltar a dor.

Enfim, caso algum Curtidor tenha uma teoria “dolorosa” sobre isso, está mais do que convidado a escrever.

O repouso é um vilão da liga crônica da justiça!

Artur Padão – Dorterapeuta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.