O raio “Gurumetizador” no manejo da dor

Um guru é aquele “professor” que possui um elevado conhecimento filosófico e sabedoria, sendo capaz influenciar intensamente pessoas em determinado assunto. Se usarmos este princípio para o manejo da dor, então teremos verdadeiros milagres a vista.

Sendo um guru científico, do sexo ou religioso, no final das contas a sua sabedoria está acima de qualquer coisa. Na área da saúde, especialmente no manejo da dor, o “Raio Gurumetizador” está a solta. Nacional ou internacional? Não importa! Certo ele sempre está, dentro de todo o seu conhecimento doloroso.

Este raio é como um mojo, um “tchan”, um feitiço que encanta as pessoas, as fazem se sentir bem e dominam seus pensamentos. A partir dai, o guru ganha um aprendiz e o aprendiz idolatra o guru.

Das diversas áreas da saúde que atuam no manejo da dor, a medicina e a fisioterapia saem em disparada na corrida quando o “Raio Gurumetizador” encanta e espanta os males dos queridos alunos seguidores fervorosos por conhecimento. Na medicina, certamente um casal de gurus científicos ainda domina o alivio da dor musculoesqueletica: Simons e Travel. O livro por eles publicado é considerado a bíblia mais sagrada da dor miofascial.

Contudo, todavia, é na fisioterapia que se concentram os gurus da pesada, capazes de transformar a vida de um fisioterapeuta para sempre. Como um passe de mágica, pode se investir o valor de uma faculdade privada em “formações profissionais” diversas, algumas com ciência e outras com crenças, vivências e vidência, mas que promete tudo o que um paciente com dor precisa: “para todo o mal, a cura”.

Todos os métodos, conceitos e modelos de tratamento tem um guru envolvido, um criador. Sempre tem um charme “Gurumetizador”, que vai encantar alguém. E “quando um certo alguém, cruzou o teu caminho e te mudou a direção”, você vai fundo amigo(a). E “quem acredita, sempre alcança”. E por essas e outras que os gurus da fisioterapia estão acima de qualquer suspeita. Ops, desculpem, ciência! E que mesmo após um pedala robinho científico, os gurus mandam na razão, mesmo os já falecidos.

Seja o que for: pilates, osteopatia, microfisioterapia (não é fisioterapia), treinamento funcional, quiropraxia, mackenzie, terapia manual, kinesiotaping, rpg, outros métodos posturais, terapia cognitivo funcional, não importa. Todos tem seus gurus. Mas, o problema é quando o “Raio Gurumetizador” transforma o profissional. Sendo assim, o profissional vira a própria técnica de tratamento. Sendo assim, ele se torna um técnico. E o guru, feliz da vida!

Simplesmente gênios.

Quer identificar a ação do “Raio Gurumetizador”? Simples, basta questionar ou criticar um guru, e você irá ouvir: “Você conhece essa técnica? Você já fez a formação? Já trataram você com essa técnica? Deixa eu te tratar pra você ver como funciona!

Cuidado com o “Raio Gurumetizador”, ele pode estar mais próximo do que você imagina!

Artur Padão “Dormetizador”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.