O gato de botas e luvas dolorosas

gato de botas e luvasCom a impressão de quem vai trabalhar em uma obra ou setor elétrico, a queixa de dor em botas e luvas vem associada, com grande frequência, a outros sintomas desagradáveis como a perda das sensações de tato, temperatura, pressão, vibração e movimento. Em alguns casos, perda de força muscular.

Doenças, patologias e lesões acendem logo um alerta vermelho na sirene do profissional e na sirene do sistema nervoso quando isso acontece. As neuropatias periféricas, especialmente as polineuropatias, ganham logo a faixa de miss gata de botas e luvas SN (sistema nervoso) de forma simétrica (em ambos os lados, perfeitamente doloroso e bilateral).

Mas, não se deixe enganar. Um gato de botas e luvas também aparece em situações nada comuns como na esclerose múltipla, neuropatias periféricas por hanseníase, HIV, álcool e diabetes, doença de raynaud. Compressões de nervos também. Em todos estes casos, o sistema nervoso de um gato de botas e luvas é bem nervoso.

Dor ou sensações de botas e luvas ocorre pela interrupção das “vias de transmissão elétrica” do sistema nervoso. É como se algo derrubasse postes de luz e houvesse a interrupção da eletricidade passando. Quando o sistema nervoso é machucado, o bicho pega. Adormece e “formigas” andam por lá. Muitas vezes a falta de sangue também, quando existem problemas na circulação.

Mas, não se deixe enganar novamente. Se você acha que um gato calça suas botas e luvas para esconder seus machucados, será um equívoco grave. Ansiedade ao extremo (ex. ataque de pânico), orgasmo, final da gravidez, exercício físico intenso, nervosismo e o estresse fazem um gato calçar suas botas e luvas rapidamente, sem que nada tenha acontecido com suas patinhas nervosas.

O verdadeiro gato de botas e luvas é um gato fofo e um bom samaritano. Ajudava tudo e a todos os que faziam parte de sua vida, especialmente seu dono. De fofa a dor não tem nada. Quando resolve aparecer na distribuição de botas e luvas, perde rapidinho a fofura.

Agradeço a participação especial do meu sobrinho frajola.

Artur Padão – Dorterapeuta de botas e luvas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *