O ataque da hernia de disco maldita

Talvez não exista um problema mais comum e mais temido a todos aqueles que sentem dor nas costas. A hérnia de disco faz parte do alto escalão dos problemas da coluna em todo mundo, contribuindo para o afastamento do trabalho e de uma série de outras atividades, inclusive levando a aposentadoria por invalidez.

Quase todo mundo terá dor nas costas e boa parte deste grupo terá uma hérnia de disco. Em boa parte das vezes, não sentirá nada (de 80 a 90% das vezes) e se não fizer nenhum exame de imagem, irá morrer sem saber disso. Será então a dor da hérnia de disco mais um mito a ser testado pelos Caça-Dores de Mitos? Em breve, quem sabe.

* Para sempre, hérnia?

“Corporalmente” falando, não!. As hérnias podem sim dar um passo para trás e pensar duas vezes antes de continuar perturbando a vida das pessoas.

“Crençamente” falando, sim. A hérnia será uma amiga temida, irá atacar de vez em quando, será sempre um problema em potencial e a vida pode girar em torno dela. E tudo que vemos na mídia, no discurso de boa parte dos profissionais e nos próprios pacientes é um veredito oficial de que o “o ataque da hérnia de disco maldita” pode ocorrer a qualquer momento.

* Se a hérnia é por nós, quem será contra nós?

Viver para a hérnia de disco é viver com limites impostos pela sociedade. Neste caso, ser um ponto fora da curva é um ótimo caminho para dar um “chega pra lá” na hérnia e nos “amigos da hérnia”. Nossa vida não pode parar por causa disso.

Infelizmente, a hérnia de disco é a virose dos problemas de coluna. A ciência diz o oposto, mas a boca do povo é mais forte. E em Roma, na época bem das antigas dos gladiadores, se dizia o seguinte: “conquiste o povo, conquiste Roma”.

Então, caso a hérnia de disco seja um grande aliado: “conquiste a hérnia, conquiste a dor”. E a escolha pela hérnia “dolorosa” é uma decisão do cliente!

Artur Padão

Um comentário sobre “O ataque da hernia de disco maldita

  1. Olá Dr.
    Já fui operada 2 vezes a hernia lombar a 2ª vez foi consequencia da 1ª que ao fim de 10 anos foi descoberto devido a minhas queixas. que tinha ficado uma pontinha de hernia a qual cresceu e calssificou,
    Fiz nova cirurgia a 10 meses com colocaçao de afastador, nos primeiros meses parecia que que estava a a melhorar, apenas pé dormente e alguma dor ainda mas depois piorou, agora medicos querem fazer artródóse, colocaçáo de pinos, nao quero mais, vou fazer radiofrequencia, alem disso tenho um bico de papagaio mesmo na ultima vertebra, ou seja estao unidas, rossam uma na oura e sinto muita dor, estou sem trabalhar a 1 ano, tenho 51 aos e vivo em Portugal. Açores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *