Dor de dente? Cuidado com o Tira Dentes

dente e dorUm dos grandes desafios de estudar e trabalhar com dor orofacial é desvendar os mistérios da dor de dente. Desde criança ouvia que a dor de dente tinha tudo a ver com cáries e que, se eu não cuidasse direito, iria perder meus dentes. Coitado do dentista, sempre o carrasco para as crianças.

A dor de dente pode ter tantas, mas tantas apresentações clínicas, que isso se torna muito complexo, mesmo para dentistas experientes. No passado, não era uma opção, mas sim uma regra arrancar o dente fora. Atualmente, pessoas ainda tem os dentes arrancados por dor. Por exemplo, observou-se em um centro de dor em São Paulo que pacientes com neuralgia do trigêmeo há mais de 10 anos tiveram dentes extraídos por dor e, entre os que tem essa “doença” há 1 ano, metade já não tem mais dentes. Bizarro!

Extrair um dente ou vários sem necessidade, pode afetar de forma dolorosa a saúde de uma pessoa, causando uma série de problemas que incluem desde a própria mastigação, até mesmo na respiração, sono e postura corporal.

Cuidado com o Tira Dentes! Cuidado se alguém quer arrancar seu dente, mesmo por dor. O mesmo cuidado serve também para operar e fixar a coluna com placas e parafusos, para estalar o pescoço e para mexer com sua cabeça. Colocar nossos dentes no alicate de outros pode fazer mal a saúde.

Talvez, em algum momento da vida, um dente seu possa ser extraído. A cárie e as doenças periodontais são as duas causas mais comuns para a extração de dentes em jovens / adultos e idosos, respectivamente.

Mas, não se engane. Sempre teremos um Tira Dentes na área.

Artur Padão – Dorterapeuta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.