Dia mundial da fisioterapia: sem dor na consciência

dor e fisioDia 8 de setembro é comemorado o Dia Mundial da Fisioterapia. Um dia de festas não dolorosas, mas também para entendermos o que significa a fisioterapia no Hall da Fama do nosso sistema de saúde.

Ainda a passos de formiguinha, vamos ocupando um espaço que é de competência e habilidade do fisioterapeuta dentro do Sistema Único de Saúde. Sem nenhuma dor na consciência, sabemos que ocupar espaços significa aumentar os territórios de atuação, o que incomoda muita gente, mais que elefantes.

Não tem jeito. Nenhuma outra profissão da saúde tem o domínio das capacidades funcionais como o fisioterapeuta. Nenhuma outra profissão tem tantas opções de analgesia, com pouco ou nenhum efeito adverso, como o fisioterapeuta. Exame físico musculoesquetico, palpação, análise de movimento, subgrupos de tratamento, utilização de meios físicos…Essa é nossa praia.

Mesmo assim, a fisioterapia ainda tem um longo caminho para ganhar a confiança da população, a qual desconhece (de uma forma geral), o potencial de cuidar da saúde do corpo e mente pelo movimento do corpo, por meios físicos corretos e úteis e pela proximidade construída.

É por essas e outras que vejo a certeza da escolha de ser um fisioterapeuta dedicado a “causa dolorosa” e, talvez mais que isso. Oferecer cuidados com a saúde ao invés de apenas alivio da dor, de uma forma segura e integrada.

Parabéns a todos os colegas fisioterapeutas

Artur Padão – Dorterapeuta

Um comentário sobre “Dia mundial da fisioterapia: sem dor na consciência

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *