Desvendando os mistérios da dor: o pitaqueiro

dor e pitacCada um tem a dor da sua forma, isso é a mais pura verdade. Basta um dia você fazer aquela cara de dor ou queixar-se só um pouquinho para rapidamente aparecer aquela figura mágica, dizendo o que você deve fazer, indicando médicos, sendo nuvem negra ou até mesmo lhe orientando. Sim, estamos falando do “pitaqueiro”!

Dar pitacos, opiniões, conselhos, soluções, indicações, orientações e palpites é a praia do pitaqueiro. E para o alivio da dor, temos vários tipos de pitacos que podem ajudar ou prejudicar a sua vida. “Se conselho fosse bom, a gente não dava, vendia”!

E por isso, vamos desvendar os mistérios da dor, dando pitacos.

Pitaqueiro Doutor – – é aquele que nunca foi da área da saúde, mas sabe tudo sobre doenças e tratamentos, principalmente o que fazer em caso de dor.

Pitaqueiro Especialista – – sabe de tudo, mas só de uma coisa e logo levanta a mão. Se tem fibromialgia, sabe tudo sobre fibromialgia.

Pitaqueiro Nuvem Negra – – diz que nada funciona, a ciência não presta, o futuro é negro e as dores serão eternas. Nunca vai melhorar com nada.

Pitaqueiro Desconfiado – – sempre duvida do que você fala. “Exercício? Não sei não. Postura? Ihhhh. Manipulação? Tem certeza? Ou seja, nada pode não funcionar.

Pitaqueiro Cuidadoso – – está sempre querendo te ajudar, é fofo(a), zeloso e se preocupa com você. Sendo assim, quase te “pega no colo”. Acaba que você não fazer nada pelo excesso de zelo.

Pitaqueiro Roda de Família – – é aquele que inicia a conversa sobre as doenças quando tem uma roda de família e amigos, competindo para ver quem está mais grave e a dor mais intensa.

Pitaqueiro Moderno – – sabe o que fazer pois lê no google, mas mesmo assim procura atendimento levando todas orientações do que ele deve fazer, tomar de remédio e tratamento da fisioterapia

O que seria da nossa vida sem pitacos? Certamente seria mais dolorosa! Ou talvez menos engraçada. Pitacos sobre dor levam a pitacos mais dolorosos!

Artur Padão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *